Últimas Notícias
Capa / Notícias / Campestre / Morre Ex-Prefeito Domingos Barreto
Morre  Ex-Prefeito Domingos Barreto

Morre Ex-Prefeito Domingos Barreto

Faleceu ontem à tarde(7), no Hospital Vida em Maceió o Ex-Prefeito de Jundiá, Domingos Barreto da Silva, 83 anos, casado com a professora Luordes Mendes ( Dona Lourdinha), deixa os Filho Domingos Sávio (Savinho) e Iris Sávia, filho de Manoel Severino da Silva e Francisca Barreto, natural de Jacuípe. Domingos Barreto da Silva , irmão do Ex-Prefeito Luiz Barreto da Silva (Lila),Beatriz , Diva, Leni, Carminha e Jota, avô Beatriz , Diva, Leni, Carminha e Jota, avô de Beatriz , Diva, Leni, Carminha e Jota, avô de Domingos Sávio Filho, Ana Sávia, Guilherme Domingos e Luiza Gabriela,deixando um legado de cidadania para Campestre e região, com atuação na agropecuária, comércio e excelente administrador público. No seu mandado de Prefeito no período de seis anos, de 1977 a 1982, realizou obras estruturais, desenvolveu a cultura, o lazer e de boas práticas de zelo pela máquina Pública, seu governo ganhou destaque em Alagoas , contando com apoio dos Exs- Governadores Guilherme Palmeira e Divaldo Suruagy. Falando a nossa reportagem, o Ex-Vereador à época, Adevan Belo da Silva (Joãozinho) assim descreveu o Domingos Barreto “ pra mim seu Domingos foi um dos melhores Prefeitos e sua administração em Jundiá/Campestre foi maravilhosa”. O Corpo será velado em sua residência nesta cidade e o sepultamento as 16 horas no Cemitério Municipal de Jacuípe.

 

2 comentários

  1. Maria Carla BARRETO de Oliveira

    Uma perda imensurável para nossa família.
    Mas nos conforta é sabermos que ele combateu o bom combate, com toda honradez e dignidade que lhe era peculiar.

    • Domingos Barreto da Silva foi um exemplo de gestor público, quando esteve à frente da Administração Municipal de Jundiá/Campestre, período que o acompanhei, quando vereador durante seu mandato que teve a duração de 06 anos. Desenvolveu tanto à cidade, como o Distrito de Campestre, bem como toda zona rural: construiu escolas, matadouros públicos, clubes municipais, foi um pioneiro na conservação das estradas, zelou como ninguém o setor de saúde, ampliando unidades e postos de saúde tanto na cidade, como no Distrito de Campestre. Priorizou o setor social e dirigiu toda sua atenção para o funcionalismo, quando nunca arredou de pagar o salário mínimo a quem tinha o direito. Ninguém na prefeitura em sua época recebia menos que o salário mínimo, digo isso com propriedade, porque era vereador e Secretário de Educação. Domingos Barreto deixou um legado que dispensa comentário e se futuros gestores se espelharem no trabalho desenvolvido por ele, certamente passará para história e seu nome será inscrito no cenário político de nossa cidade. Vai com Deus Domingos Barreto. Seu nome ficará escrito no cenário de quem bem administrou e zelou pela coisa pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

SEU PEDIDO