Alagoas confirma novo caso de coronavírus, diz secretaria

0
3

Subiu para 8 o nº de confirmações no estado. Governo diz que ainda não identificou origem da contaminação e novo caso pode ser considerado o primeiro de transmissão comunitária. A Secretaria da Saúde de Alagoas (Sesau) confirmou nesta segunda-feira (23) que subiu para 8 o número de casos confirmados de coronavírus. Até domingo (22), eram 7 confirmações. O governo informou que ainda não identificou a origem da contaminação e esse novo caso pode ser considerado o primeiro de transmissão comunitária no estado.
O número é diferente do que consta no boletim do Ministério da Saúde, divulgado nesta tarde, que não sofreu alteração em relação aos dados de domingo.
Brasil registra 34 mortes e mais de 1800 casos confirmados
Decreto de emergência põe estado em isolamento
VÍDEOS: coronavírus, perguntas e respostas
MAPA: cidades do país com casos confirmados
A Secretaria informou que o estado tem 120 casos suspeitos e 80 descartados. O Ministério não divulga número de casos suspeitos.
O 8º caso confirmado é de um paciente do Rio de Janeiro que estava em Alagoas quando foi diagnosticado, por isso o caso é contabilizado aqui no estado. A Sesau informou que segue investigando a origem da contaminação.
Os outros 7 pacientes com casos confirmados até domingo eram importados e estão em tratamento domiciliar, segundo a secretaria Além disso, um deles já é considerado curado.
Municípios com casos suspeitos de coronavírus
Dos 120 casos suspeitos do novo coronavírus, a maioria está em Maceió. Mas também há casos em investigação em outros 20 municípios do interior. Veja abaixo quais são:
Maceió – 95
Arapiraca – 4
Ouro Branco – 2
Rio Largo – 2
Barra de Santo Antônio – 1
Barra de São Miguel -1
São Miguel dos Campos – 1
Cajueiro – 1
Penedo – 1
Flexeiras – 1
Satuba – 1
Inhapi – 1
Maribondo – 1
Pilar – 1
Piaçabuçu – 1
Mata Grande – 1
Monteirópolis – 1
Coruripe – 1
Porto Real do Colégio – 1
Maragogi – 1
Marechal Deodoro – 1
Initial plugin text

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here