Alagoas registra 456 novos casos e mais 12 mortes por Covid-19

0
12

Estado contabilizou 132.701 casos confirmados e 3.022 óbitos desde o começo da pandemia. Número acumulado de casos suspeitos chegou a 11.397. Alagoas registra 456 novos casos e mais 12 mortes por Covid-19
Mais 12 pessoas morreram de Covid-19 em Alagoas, o que fez o total de óbitos confirmados desde o começo da pandemia subir para 3.022. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta terça-feira (2).
456 novos casos da doença foram registrados nas últimas 24 horas. O total de casos confirmados chegou a 132.701.
Alagoas não registrava o número diário de 12 mortes por Covid-19 desde o dia 9 de agosto de 2020.
Maceió registrou 185 novos casos e mais cinco mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. A capital contabilizou 51.403 casos confirmados e 1.358 óbitos desde o início da pandemia.
126.108 pacientes se recuperaram da doença no estado. Outros 3.046 pacientes continuam em tratamento, em isolamento domiciliar.
O estado tem 11.397 casos suspeitos, à espera de resultado de exames.
A taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 chegou a 72% nessa segunda (1). A ocupação geral de leitos exclusivos para Covid-19 atingiu 60%.
Mais 12 mortes por Covid-19
Maceió: Mulher, 68 anos – sem comorbidades
Maceió: Mulher, 92 anos – hipertensão, dislipidemia e colicistectomia
Maceió: Homem, 64 anos – hipertensão e diabetes
Maceió: Homem, 72 anos – diabetes
Maceió: Homem, 80 anos – hipertensão, Acidente Vascular Encefálico (AVE)
Viçosa: Homem, 51 anos – sem comorbidades
Delmiro Gouveia: Homem, 60 anos – hipertensão e diabetes
Arapiraca: Homem, 78 anos – sem comorbidades
Arapiraca: Homem, 100 anos – sem comorbidades
Boca da Mata: Mulher, 63 anos – hipertensão e diabetes
Olho d’Água das Flores: Mulher, 78 anos – sem comorbidades
Maribondo: Mulher, 84 anos – sem comorbidades
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19
Veja os vídeos mais recentes do G1 AL
Initial plugin text

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here