Covid-19: Prefeitura de Maribondo, AL, decreta toque de recolher

0
21


Fica proibida, por mais de 2 meses, a circulação de pessoas das 20h às 5h. Aumento dos casos e proximidade com municípios com casos de infecção pela variante brasileira motivaram decisão. Prefeitura de Maribondo, AL, decreta toque de recolher
Reprodução
A prefeitura de Maribondo decretou, nesta terça-feira (2), toque de recolher no município por mais de dois meses, até o dia 15 de maio, e uso obrigatório de máscaras por tempo indeterminado. Durante esse período, fica proibida a circulação de pessoas na cidade das 20h às 5h.
Variante brasileira do coronavírus é mais transmissível
Maceió suspende de novo atividades na Rua Fechada da Ponta Verde
A medida não vale para serviços essenciais, como tratamentos de saúde, farmácias, transportes de pacientes, trabalhadores de atividades essenciais e serviço de delivery.
Com cerca de 13 mil habitantes, Maribondo registrou, até segunda (2), 377 casos confirmados e 15 morte por Covid-19.
No decreto, a prefeita Leopoldina Amorim (PSD) justifica que a nova variante brasileira da Covid-19, que tem alto potencial de disseminação, foi detectada em municípios circunvizinhos a Maribondo, e o aumento de casos de Covid-19.
Alagoas tem dois casos da variante brasileira (P.1) do coronavírus, um em Viçosa e outro em Anadia. Após a confirmação das infecções pela variante, a prefeitura de Viçosa decretou toque de recolher, e a de Anadia determinou o fechamento dos estabelecimentos e a suspensão de eventos sociais.
O descumprimento ao que foi determinado no decreto da prefeitura de Maribondo pode gerar sanções civis e administrativas.
Satuba implanta medidas de restrição mais rígidas
Covid-19: Satuba, AL, começa a intensificar medidas sanitárias a partir desta terça
Veja os vídeos mais recentes do G1 AL
Veja mais notícias da região no G1 Alagoas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here