Passageiros de voos cancelados ou desmarcados se aglomeram no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Alagoas

0
3


Turistas tentam voltar para casa, mas não conseguem. Voos são cancelados no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Alagoas
O Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Alagoas, registrou nesta terça-feira (24) uma aglomeração de turistas que tentavam voltar para casa, mas tiveram seus voos cancelados ou remarcados. No início da tarde, muitos passageiros permaneciam no saguão do aeroporto à espera de uma solução.
Uma equipe de reportagem da TV Gazeta esteve no local e conversou com alguns turistas. Um deles, que tentava voltar para São Paulo, é médico e tinha plantão em um hospital a partir das 6h de quarta (25).
“Eu não consigo. Estão tentando me encaixar no próximo voo, às 20h. Eu cheguei aqui 8h da manhã. Três vezes foi cancelado [o voo] e o maior problema é que a recomendação é não ter aglomeração de pessoas e nós temos muita gente aqui, muito próximas. Está fugindo totalmente das recomendações de saúde”, disse o turista, que aguardava um novo voo com a esposa e o filho.
Passageiros de voos remarcados ou cancelados se aglomeram no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Alagoas
Reprodução/TV Gazeta
Uma outra passageira disse, ao meio-dia, que já estava há quatro horas em uma fila aguardando para voltar pra casa.
“Estou em Maceió desde quarta-feira (18). Somos da cidade de Tietê, no interior de São Paulo. Nosso voo hoje era às 10h40, mudou para o dia 26, porém já foi cancelado e estamos aqui aguardando uma resposta há quatro horas nessa fila, todo mundo”, disse a mulher.
Os relatos de remarcação e cancelamento se repetiam entre clientes das mais diversas companhias aéreas. Um homem tentava confirmar o voo que já tinha sido cancelado duas vezes, outro também aglomerado em uma fila tentando remarcar o voo, e um terceiro que tentava voltar para casa no Acre
“É a terceira vez que a gente vem aqui para remarcar e não consegue. Cheguei dia 15, era para retornar dia 25, mas já remarcaram duas vezes. Estamos em duas famílias. O que está acontecendo é que eles confirmam a nossa passagem, aí mandam o aviso que foi cancelada”, disse o turista.
Sobre a situação, a Aena Brasil, que administra o aeroporto, informou que compete às companhias aéreas a realização ou suspensão de voos e que os procedimentos sanitários são de responsabilidade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) “com quem a Aena trabalha de forma próxima e conjunta. Nesse sentido, são algumas das ações a orientação dos passageiros através de avisos sonoros e a exibição de vídeos que ensinam a evitar o contágio”.
Leia abaixo a íntegra da nota da Aena Brasil:
A Aena esclarece que, como concessionária, não tem poder de decisão sobre a realização ou suspensão de voos, já que sua função é oferecer a infraestrutura necessária para que eles aconteçam independentemente das decisões das companhias aéreas e/ou governos.
Da mesma forma, não cabe à empresa estabelecer procedimentos sanitários, responsabilidade que é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com quem a Aena trabalha de forma próxima e conjunta. Nesse sentido, são algumas das ações a orientação dos passageiros através de avisos sonoros e a exibição de vídeos que ensinam a evitar o contágio. Já os colaboradores da Aena utilizam os equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados às funções que exercem.
Voos cancelados no Aroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Alagoas
Reprodução/TV Gazeta
Initial plugin text

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here