Pelosi diz ter ‘provas suficientes’ para o impeachment de Trump

0
18


Após aprovar o envio da acusação formal contra Trump para o Senado, a líder democrata na Câmara afirma ‘confiar no impeachment’. Republicanos têm maioria nesta casa legislativa. A líder do Partido Democrata no Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, disse neste domingo (12) que tem “provas suficientes” para o impeachment do presidente Donald Trump, na véspera de uma semana crucial antes da abertura no Senado do julgamento do processo de destituição do chefe de Estado.
A presidente da Câmara de Representantes dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, bate palmas enquanto o presidente Donald Trump se aproxima para fazer seu discurso de Estado da União no Capitólio, em Washington DC, na noite de terça-feira (5)
Doug Mills/The New York Times via AP/Pool
“Acreditamos que há provas suficientes para destituir o presidente”, disse a congressista da Califórnia à rede de televisão ABC.
A Câmara responsabilizou “o presidente de pedir a um governo estrangeiro que intervenha nas eleições de 2020 por seu próprio interesse pessoal e político”, escreveu Nancy Pelosi na acusação formal.
A líder democrata na Câmara aprovou na sexta-feira o envio da acusação contra Trump ao Senado na próxima semana, abrindo caminho para o julgamento do processo de impeachment. Ela também confirmou que reunirá seus correligionários na terça-feira para definir o calendário.
Câmara dos EUA aprova resolução que limita ações militares de Trump contra o Irã
Em discurso, Trump anuncia novas sanções econômicas ao Irã
Em persa, Trump tuíta contra o governo do Irã e diz ao povo iraniano que ‘está a seu lado’
O republicano Trump é o terceiro presidente da história dos Estados Unidos que enfrenta um processo de impeachment no Congresso.
A oposição democrata acusa o presidente de ter incorrido em abuso de poder, ao pedir à Ucrânia para investigar o ex-vice-presidente Joe Biden, um possível adversário do presidente nas próximas eleições de novembro.
O que acontece agora no Senado?
O processo de impeachment tem poucas chances de prosperar no Senado, uma vez que os republicanos são a maioria nesta casa legislativa.
“Confiamos no impeachment. E acreditamos que há provas suficientes para destituí-lo”, reforçou Pelosi, presidente democrata da Câmara dos Representantes. “Todos os senadores agora se deparam com uma opção: ser leais ao presidente ou à Constituição. Ninguém está acima da lei, nem mesmo o presidente”, destacou.
O impeachment de Donald Trump
Congressistas republicanos e democratas enfrentam outra questão importante: o depoimento de John Bolton, ex-assessor de Segurança Nacional de Trump. Bolton disse que está disposto a testemunhar no julgamento de Trump, sob condição de ser convocado pelo Senado.
Trump afirmou na sexta-feira que poderia impedir que um de seus ex-conselheiros testemunhasse no Senado usando seus poderes presidenciais. Pelosi, por sua vez, acusou o líder do governo no Senado, Mitch McConnell, de desconsiderar seus pedidos de um “julgamento justo”, incluindo o compromisso de permitir que envolvidos testemunhassem.
Initial plugin text

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here