Pesquisa Ibope em Maceió: 41% dos eleitores dizem que saúde é o maior problema na capital

0
11

Pesquisa ouviu os eleitores sobre as áreas que enfrentam problemas em Maceió. Levantamento foi feito entre 21 e 22 de outubro. Pesquisa Ibope: veja a avaliação dos eleitores sobre administração municipal e estadual
Pesquisa Ibope divulgada pela TV Gazeta nesta sexta-feira (23) aponta que 41% dos eleitores consideram a saúde como o maior problema enfrentado pela população de Maceió. Em seguida, aparece a geração de emprego, com 27% e a educação, com 14%. Confira os números:
Saúde: 41%
Educação: 14%
Mobilidade urbana (trânsito): 5%
Transporte coletivo: 5%
Limpeza pública: 2%
Geração de empregos: 27%
Meio ambiente: 2%
Nenhuma dessas/ outras: 0%
Não sabe/ Não respondeu: 3%
De acordo com o Ibope, entre os que consideram a saúde como maior problema enfrentado, 47% tem renda de até 1 salário mínimo e a escolaridade de 44% dos entrevistados que apontaram essa área como sendo problemática é ensino fundamental.
Pesquisa Ibope em Maceió: Alfredo Gaspar, 24%; JHC, 24%; Davi Davino Filho, 15%
Já os que apontaram a geração de empregos como um problema na capital, 37% recebem entre 1 e 2 salários mínimos e 34% tem idade entre 16 e 24 anos. 29% disseram ter apenas o ensino fundamental.
Dos entrevistados que disseram que a educação é o maior problema da capital, 22% recebem mais que 5 salários mínimos e 19% tem curso superior completo.
Sobre a pesquisa
Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 504 eleitores da cidade de Maceió.
Quando a pesquisa foi feita: de 21 a 22 de outubro.
Número de identificação na Justiça Eleitoral: AL‐00075/2020
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
Pesquisas eleitorais: o que é amostra, margem de erro e nível de confiança.
VÍDEOS: Tire dúvidas sobre as eleições de 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here